Acidentes ambientais: O jogo sujo para manchar a reputação da Petrobras

Acidentes ambientais

O plano é simples: para vender a Petrobras, é preciso torná-la precária. Afina, quem defenderia uma estatal cheia de problemas?       Assim começaram os acidentes ambientais na história da empresa, como:

– Contaminação da bacia do Arroio Saldanha e dos Rios Barigui e Iguaçu (Paraná, 2000, governo FHC), por quatro milhões de litros de petróleo;

– Vazamento de 1,3 milhão de litros de óleo combustível na Baía de Guanabara (Rio de Janeiro, 2000, governo FHC);

– Vazamento de óleo e água na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), no Complexo de Suape (Grande Recife, 2019, governo Bolsonaro);

– Trincas no casco de plataforma da empresa Modec (terceirizada) despejaram 6,6 mil litros de óleo, na Bacia de Campos (Rio de Janeiro, 2019, governo Bolsonaro);

– Trincas no casco da plataforma P53 despejaram 122 mil litros de óleo em Arraial do Cabo (Rio de Janeiro, 2019, governo Bolsonaro);

Eventos acontecidos em meio a processos de privatização da estatal. Coincidência?

Da esfera econômica à ambiental, a Petrobras tem recursos tecnológicas e estruturais para continuar atuando a serviço do Brasil. Sem jogo sujo.

Privatizá-la, para quê?

Ela é meio ambiente. É sustentabilidade.

 

Confira também Privatizar a Petrobras é roubar a força de nossa economia

 

Compartilhe o post no Facebook

Compartilhe no Instagram

Passado, Presente e Futuro: A Petrobras é tudo isso e muito mais

Gás de cozinha:  10 fatos você precisa saber – mas ninguém te conta.
Gás de cozinha: 10 fatos você precisa saber – mas ninguém te conta.
De um lado, o governo federal promete baixar o preço do gás de cozinha, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), anunciando que nos tornaremos exportadores do produto. De outro, privatiza...
A Petrobras com o Brasil é respeito ao povo e a Constituição brasileira
A Petrobras com o Brasil é respeito ao povo e a Constituição brasileira
As atividades da Petrobras são de relevante interesse coletivo e diretamente ligadas à segurança nacional. Por isso, a estatal é protegida pela Constituição Federal (artigo 173). Cada atividade é encargo...
Precarização:  Não adianta chorar depois do óleo derramado
Precarização: Não adianta chorar depois do óleo derramado
A Petrobras foi criada pelo Governo Federal para que toda riqueza que venha dela seja revertida em benefício da população. Essa é sua função como empresa estatal. Por isso, ela...